Loading...

domingo, 24 de maio de 2009

Seqüência Correta das Cores dos conectores rj-45 e como crimpar corretamente

Para muitos técnicos de informática é comum o esquecimento das posições corretas das cores no conector rj-45 para cabos de rede de computadores, principalmente os iniciantes na área ou até mesmo alguns profissionais mais experientes que passam muito tempo sem contato direto com a crimpagem e na hora que precisa não lembra. Bom se você já é profissional ou não vale reforçar com uma dica de como crimpar corretamente a evitar problemas de encaixe e perda da conexão por mau contato aí onde a chave da questão, imagine um servidor de missão crítica vier a ficar for do ar só por causa de conector mau crimpado daí a importância do assunto. Bom para começar é bom relembrar que existem dois padrões para as cores são eles o 568-A e 568-B esse padrões são normalizados pela EIA/TIA que neste caso atua com cabos com a categoria UTP (par traçado não blindado de 4 pares). Especificamente falando em relação às cores de seqüência é necessário saber o uso adequado dos padrões, se o cabo a ser usado é destinado para conexão entre computadores e outros dispositivos considerados como hosts a serem ligados a hubs ou switches é normalmente utilizado o padrão de cor 568-A nas duas pontas, entretanto pode-se utilizar também o 568-B nas duas extremidades este tipo de cabo é o mais utilizado. No caso de conexão entre dispositivos do mesmo gênero como, por exemplo, dois computadores ou dois hubs em cascata são necessários o uso do cabo crossover (invertido) que neste caso é utilizado no mesmo cabo os dois padrões de cores um em cada lado, as seqüência de cores padronizadas são as seguintes:

Para o 568-A, neste caso seria um exemplo de cabo normal onde às duas pontas possuem o mesmo padrão de cores salientando que também pode ser usado o outro padrão na construção de cabos comuns;

rj45 sequencia de cores

1=branco com verde
2=verde
3=branco com laranja
4=azul
5=branco azul
6=laranja
7=branco com marrom
8=marrom


Para o 568-B, ele é mais utilizado no uso de cabos crossover;

rj-45 ordem de cores

3=branco com laranja
6=laranja
1=branco com verde
4=azul
5=branco azul
2=verde
7=branco com marrom
8=marrom

Você pode ter observado que foram invertidas as duplas de posições de cores a 1º e a 3º e 2º e a 6º, assim os cabos que possuem a cor verde ficaram no lugar das laranjas e elas as da verde, isto acontece por que as posições 1, 2,3 e 6 é que são realmente usadas na prática pela camada física tanto do modelo osi como também do tcp/ip isto no padrão 100baseT que possui a velocidade máxima teórica de 100 Mbits/s.

Identificação dos pinos Placa de Rede

Uma observação importante a ser feita é em relação aos cabos crossover, atualmente os hubs e switches modernos já possuem um recurso chamado de auto-crossover, esta tecnologia permite o uso de cabos comuns mesmo na conexão de equipamentos que possuem a mesma função como, por exemplo, um modem dsl e um hub ou switch a flexibilidade é tão grande deste aprimoramento que ele permite até mesmo o uso de cabos invertidos onde normalmente deveria ser usado um cabo normal um exemplo seria a conexão comum entre um host e um equipamento de rede.

Em alguns cabos principalmente os fabricados pela furukawa as cores se diferenciam um pouco como neste exemplo que se segue:

RJ-45 padrão

1=verde claro


2=verde

3=laranja claro

4=azul

5=azul claro

6=laranja

7=marrom claro

8=marrom

As cores foram mudadas por que às vezes era difícil identificar corretamente as duplas de cores, pois os fios que tinham a cores brancas apenas se diferenciavam entre si apenas por uma linha bem fina colorida, assim decidiram colorir ele inteiro como cor mais clara igual ao do seu par facilitando desta forma a identificação.

Obs.: a seqüência de cores nos dois padrões devem são referidos em relação ao lado oposto ao do clipe que prende o conector rj-45 macho ao da fêmea.


Crimpagem


Segundo o renomado Láercio Vasconcelos para crimpar corretamente um cabo de rede é necessário um alicate crimpador, uma chave de fenda e um testador de cabo.

(1): Lâmina para corte do fio
(2): Lâmina para desencapar o fio
(3): Fenda para crimpar o conector

Passo a passo

1º) primeiro faça o corte do cabo no tamanho que você acha o necessário para onde ele será usado, neste caso utilize a Lâmina de corte;

2º) Agora desancape o cabo cerca de 1,5 a 2 cm com a Lâmina específica, só tome cuidado para não cortar de nenhum fio interno do cabo;


3º) Desenrole todos os cabos e estique eles com uma chave de fenda e depois os coloque na ordem de cores de acordo com o padrão a ser usado;

4º) nesta parte estique novamente com a chave de fenda e verifique mais uma vez a ordem correta das cores, com a lâmina de corte deixe os fios internos do cabo com o mesmo tamanho, teste a entrada do cabo com um conector com a face dos pinos voltados para você;

5º) Se for preciso cortar mais os fios corte já deixando os fios com o mesmo tamanho lembrando que a capa de plástico do cabo serve também para prender melhor o cabo ao conector, assim ele deve penetrar até um limite que está explicito no mesmo;

6º) para a capa chegue até o limite como está acima é necessário empurrar a mesma até este ponto, não dependa só cortando os fios até a capa chegar no limite empurre mesmo, assim é melhor por que se for cortado demais o fios às vezes o tamanho deles já não é mais suficiente para alcançar a ponta do conector e também os fios costumam sempre estar desalinhando assim uma crimpagem tende a não ficar perfeita por causa dessa tendência dos fios ficarem sobrepostos uns aos outros, como mostra a figura abaixo a posição do pino 6 é o laranja então ele ficará sobre o azul e o branco/azul, então para que o conector não mostre essa sobreposição empurre sempre a capa plástica e esconda-o dentro dela:

7º) Para uma crimpagem perfeita é necessário a verificação se todos os fios chegaram até a ponta do conector e a capa até o ponto como está a imagem acima, o alicate irá pressionar o conector neste dois pontos em cima da capa plástica e em todos os pinos para que eles entrem dentro de todos os fios e aja contato interno na parte metálica de cobre do mesmo, veja o na imagem abaixo que o conector rj-45 possui nos pinos certo prendedores afiados capazes de penetrar os fios internos do cabo:

8º) antes de crimpar sempre verifique corretamente os pontos onde devem estar os fios e a capa plástica do cabo e também se a ordem das cores está correta, esta é uma dica importante por que uma vez crimpado não se pode mais utilizar o conector pra outra operação do mesmo tipo. Agora neste momento use bastante força nas mãos para que o alicate consiga pressionar nos dois pontos de inserção;

9º) As características de uma crimpagem perfeita é quando além do cabo funcionar, é claro, a capa plástica foi pressionada corretamente no lugar e está encaixada até o limite, quando todos os fios sem exceção estão na ponta do conector e quando nenhum fio que está dentro do conectador se apresenta sobrepondo qualquer outro fio, nesta última característica basta seguir a dica que foi dita no item 6 deste artigo. Veja nas imagens exemplos crimpagens praticamente perfeitas:


Veja como nenhum fio se sobrepõem a nenhum outro bem como também os pontos de inserção estão nos seus respectivos lugares e limites.



10º) agora basta testar o cabo e verificar se todos os fios correspondem eletricamente na outra ponta.

Veja este vídeo de como montar na prática o cabo de rede:




Testando o cabo de rede

Testar um cabo é relativamente fácil utilizando os testadores disponíveis no mercado. Normalmente esses testadores são compostos de duas unidades independentes. A vantagem disso é que o cabo pode ser testado no próprio local onde fica instalado, muitas vezes com as extremidades localizadas em recintos diferentes. Chamemos os dois componentes do nosso kit de testador e terminador. Uma das extremidades do cabo deve ser ligada ao testador, no qual pressionamos o botão ON/OFF. O terminador deve ser levado até o local onde está a outra extremidade do cabo, e nele encaixamos o outro conector RJ-45.


Uma vez estando pressionado o botão ON/OFF no testador, um LED irá piscar. No terminador, quatro LEDs piscarão em seqüência, indicando que cada um dos quatro pares está corretamente ligado. Observe que este testador não é capaz de distinguir ligações erradas quando são feitas de forma idêntica nas duas extremidades. Por exemplo, se os fios azul e verde forem ligados em posições invertidas em ambas as extremidades do cabo, o terminador apresentará os LEDs piscando na seqüência normal. Cabe ao usuário ou técnico que monta o cabo, conferir se os fios em cada conector estão ligados nas posições corretas.




Referência principal
Laércio Vasconcelos
http://www.laercio.com.br/artigos/hardware/hard-020/hard-020.htm


28 comentários:

  1. Olá, meu nome é Luiz Carlos e tenho uma pergunta/dúvida:

    Se eu crimpar os RJ-45 seguindo um padrão de cores crescente ( az./az.branco, lar./lar.branco, mar./mar.branco, verde/ver.branco) o meu sistema irá ou não funcionar???? por que????

    Por favor me respondam.

    Muito obrigado.

    ResponderExcluir
  2. esse seguimento de cores é padrão para o cabo direto ou eu posso criar uma sequancia nos dois pontos????

    Julio Cesar

    ResponderExcluir
  3. Jonias da Costa Feitosa22 de dezembro de 2009 14:10

    Muito bom, tirei algumas dúvidas.

    Jonias da Costa Feitosa

    ResponderExcluir
  4. pessoal quero que me ajudem em uma rede. tenho 5 pcs conectado em um swicth mas os cabos conectados no swit não tem a mesma sequencia mas funcina +ou-
    gostaria de saber se tenho que trocar todas as sequencias?
    me ajudem meu e-mail afdccosta_@hotmail.com
    quem poder me ajudar eu agradeço.

    ResponderExcluir
  5. Belo post!
    Ajuda bastante!

    ResponderExcluir
  6. meu cumpade num existe essa de seguir um padrao de cor nao!o importante é terminar igualmente como comerçou..as cores só existe pra indentificar os fios e nao o que vai conduzir atravez deles.valeu abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. imagine que trabalha em uma empresa com 2000 computadores, todos ligados atraves de cabos de rede cat5e, entretanto não voce quem montou a rede, voce foi contratado depois de algum tempo apenas para dar manutenção. Voce dará graças a Deus que o cara que montou seguiu um padrão ou nao importa, voce verificaria cabo por cabo sem problemas? seguir padroes é uma boa pratica pq hj vc faz um cabo pra vc e um pro seu amigo, mas aquilo que vc faz hj reflete no seu trabalho amanha...

      Excluir
    2. Uma pena ouvir um comentario destes. Certamente ele não conhece a expressão POE e o que ocorre com corrente eletrica em um par trançado. Mas tudo bem...

      Excluir
  7. Muito bacana, e bem detalhado, vale a pena ler.
    O que eu estava procurando é a sequência de cores para colocar na caixa fêmea.

    ResponderExcluir
  8. Gostaria de saber como montar em conector femea, aquele que ficam na parede

    ResponderExcluir
  9. It's very cool, I learned a lot about it. Thanks

    ResponderExcluir
  10. é necessário seguir o padrão de cor sim, porque os fios são entrelaçados propositalmente de modo que um não anule (de interferencia) na frequencia do outro.

    ResponderExcluir
  11. beleza mano tirei algumas duvidas;;...

    ResponderExcluir
  12. e necessario seguir o padrão cat 5 para não ocorre erro transmissão de dados e padrão abnt.

    ResponderExcluir
  13. Pra começar,não sou técnico.Comprei uns metros de cabos e,a vantagem dele,é que as cores dos fios internos são bem definidos.Não tem essa de fio branco com risquinho verde,branco com risquinho azul etc etc.Era verde claro,verde escuro,azul claro,azul escuro e assim por diante.Resolvi fazer um cabo,de + ou - 1,50m. só pra testar.Criei minha própria sequência de cores e,para facilitar a memorização,me baseei no sobrenome de um pessoal conhecido: " ALVIM". que virou " ALVM". Azul,Azul claro,Laranja, Laranja claro,Verde, verde claro,Marrom,marrom claro.Pluguei na porta LAN 1 do roteador e no notebook e pimba. Deu pra navegar..Hoje fui fazer um outro cabo,bem maior,para ser usado em local mais distante. Usei o mesmo notebook e NADA. Quando fui grimpar um dos lados,notei que alguns pinos metálicos não desceram direto.Ai, botei no alicate. Ao abrir o alicate,vi que um desses pinos ficou preso entre os "dentinhos" do mesmo.. Cortei a ponta e coloquei outro conector.Dei uma mexida no parafuso do alicate para dar uma ajustada,pois,percebi que os " dentinhos" do alicate não batia em cima de cada pino metalico do conector. Mesmo com a nova ponta feita, não deu pra conectar na internet. O jeito é pesquisar mais.

    ResponderExcluir
  14. Xiiii. Agora fiquei mais confuso,pois,esse mesmo cabo maior que não ta funcionando no notebok, funcionou perfeitamente na porta ethernet de um receptor de satélite,tipo AZ.....,na função IKS. .Cruzcredo.

    ResponderExcluir
  15. Amigos por isso tem a sequencia correta de cores com cabo grande se fizer a sequencia errada nao funciona mesmo.

    ResponderExcluir
  16. gostei muito do post, sou tecnico, mas estava esquecido da sequencia dos fios para crimpagem, continuem assim, bem informativo o site.

    ResponderExcluir
  17. comprei umas tomadas rj45 da alumbra e ao seguir a crimpagem cat (A) tanto na tomada como no rj 45 macho, na hora de testar o 3 ponto pula e nao acende, isso aconteceu em todas, embora tenha refeito as conecxoes em todas o problema PERMANECE, um amigo disse que o padrão da rj 45 fêmea veio invertido e tenho q descobrir um a um pra da certo o padrão A, será isso verdade????

    ResponderExcluir
  18. Gostei muito das explicações me ajudou muito. Valeu Amigo

    ResponderExcluir
  19. Muito obrigado por essas explicações me ajudou d+!

    ResponderExcluir
  20. Meu prof, muito obrigado pela ajuda.
    Marcio

    ResponderExcluir
  21. nunca havia crimpado um cabo utp, obrigado, fiz um teste aqui e funcionou de primeira!!!

    ResponderExcluir
  22. Very nice. Vou crimpar um cabo de rede de mais ou menos 30 metros para meu roteador que tem mais 3 portas sobrando e vou levar a outra ponta até na casa da minha sogra. Aí ela pode usar minha net também. Valeu.

    ResponderExcluir